Home / Estudos / O caminho para a faculdade depois das aulas de ingles

O caminho para a faculdade depois das aulas de ingles

Entender o sistema educacional canadense pode ser uma tarefa desafiadora, porism muitos intercambistas que vem estudar ingles em Vancouver decidem ficar mais um tempo e fazer a faculdade por aqui tambism. Para ajudar voce a entender como funcionam as faculdades no Canada, conversamos com Rodrigo Palmeira e Lukas Vilar, dois brasileiros que ja passaram por essa experiencia, e com Ali Pahlavanlu, conselheiro educacional do Instituto de Li­ngua Inglesa (ELI, em ingles) da Universidade da Columbia Briti¢nica (UBC, em ingles). Palmeira is de Maceio e atualmente is aluno do curso de gerenciamento de marketing no Instituto de Tecnologia da Columbia Briti¢nica (BCIT, em ingles). Vilar tambism is de Maceio e se formou em 2012 em Relacoes Internacionais na Universidade Simon Fraser (SFU, em ingles).
O PROCESSO DE SELEi‡iƒO
Pahlavanlu ressalta que o pris-requisito mais importante is o ni­vel de fluencia no idioma. Segundo ele, a melhor maneira de comprovar esse conhecimento is atraviss de provas como o Teste de Ingles como Li­ngua Estrangeira (TOEFL, em ingles) ou o Sistema de Avaliacao da Li­ngua Inglesa (IELTS, em ingles). Outra opcao is um certificado de proficiencia em ingles.
Mas Pahlavanlu adverte que fazer cursinho para passar no TOEFL ou IELTS nao is a melhor maneira. Ele diz que muitos alunos conseguem tirar uma nota boa na prova apos fazer um cursinho, no entanto, depois que comecam a estudar na faculdade, nao conseguem manter o ritmo, por conta do ni­vel de ingles, e acabam trancando a faculdade depois do primeiro ano.
Por experiencia propria, Vilar acredita que as aulas de ingles ajudam o aluno a ter uma boa base. “Porism estudar em casa e treinar ingles o tempo todo is a melhor maneira para conseguir fluencia no idioma“, afirma.
Alism dos pris-requisitos de ingles, Pahlavanlu ressalta os pris-requisitos academicos – notas do colegial, as quais a faculdade analisara. Ele salientou que a maioria das faculdades segue o mesmo protocolo, mas sugeriu que o aluno sempre consulte a instituicao em questao para verificar todos os pris-requisitos.
Palmeira recomenda que o aluno faca uma boa pesquisa sobre as faculdades,A fale com pessoas que tenham feito o curso de interesse, o valor da anuidade e a documentacao necessaria antes de tomar uma decisao sobre qual instituicao escolher.
Vilar achou o processo seletivo para estudar no Canada facil, pois todas as informacoes estao on-line e sao faceis de entender. “Eu acho que as universidades canadenses estao muito bem preparadas para receber alunos estrangeiros“, observa.
Ele tambism salientou que no Canada os alunos podem fazer aulas de areas completamente diferentes da sua area de concentracao, diferentemente do Brasil, onde as aulas sao predeterminadas desde o ini­cio.
Alism de fazer toda a pesquisa, os dois brasileiros tambism conversaram com conselheiros das faculdades onde tinham interesse em estudar.
DEPOIS DE ACEITO
De acordo com Palmeira, as aulas do curso da faculdade sao mais desafiadoras do que as aulas de ingles. “O relacionamento entre professor e aluno is diferente… is outro ni­vel“, ele disse.
Pahlavanlu sugere que os alunos se familiarizem com a cultura educacional canadense e se concentrem nos estudos, fazendo os deveres de casa e respeitando os prazos.
Para Vilar, estudar na SFU foi como um sonho, porque ele gostou das aulas e fez muitos amigos, porism a situacao mudou um pouco quando a ispoca das provas finais chegou. “A adaptacao i nova li­ngua, provas semestrais e finais me trouxeram de volta i realidade“, ele lembrou. Sua solucao foi focar nos estudos.
CONSELHO FINAL
Palmeira acredita que o mais importante is se perguntar por que voce deseja estudar no Canada. “Tenha ideias claras do motivo, por que estudar aqui, pois essa decisao vai ser cara e influenciara toda a sua vida“, ele disse.
Vilar faz coro e acrescenta que a decisao de estudar no Canada envolve muitos aspectos. Ele observa que muitos alunos nao conseguem lidar com a saudade da fami­lia e dos amigos durante os quatro longos anos de estudos. “O aluno precisa estar preparado financeira e emocionalmente tambism“.

About Phoebe Yu

Check Also

Casa longe de casa

Quando a estudante brasileira Fernanda Campos Ottoni resolveu fazer interci¢mbio no Canada, a primeira opcao …