Home / Esportes / Torneio de futebol aproxima a comunidade

Torneio de futebol aproxima a comunidade

Apesar de recentemente Vancouver ter recebido cri­ticas por ser uma cidade muito isoladora, o poder do esporte teve a habilidade de unir seus moradores – independentemente de qual li­ngua eles falem ou de qual cultura eles sao. No dia 14 de julho, tanto brasileiros como nao brasileiros se juntaram pela paixao em comum pelo esporte nacional brasileiro: o futebol!
O torneio de futebol Vibe Soccer Tournament, organizado pela revistaA Brazilian Vibe, recebeu 10 times mistos que estavam dispostos a suar seus uniformes no forte calor do verao em nome de uma competicao amistosa com a esperanca de ganhar uma medalha de ouro. Alism da atividade fi­sica, o evento proporcionou um espi­rito de comunidade que faltava na cidade.
Para muitos, o torneio serviu como uma oportunidade de conhecer novas pessoas e se manter ativo. Mikaela Ellis, que se mudou recentemente para Vancouver, estava animada apos o torneio: “Nosso time nao jogou bem, mas nos divertimos muito! Eu vim com alguns amigos, e acabamos ficando amigos dos outros jogadores do nosso time. Para voce ver, nos todos estamos indo tomar uma cerveja num bar aqui perto“.
Para outros, o torneio alimentou a paixao pelo futebol. James Buckley, que tomou conhecimento do torneio por intermisdio de sua esposa – que is brasileira – foi campeao com seu time, o Feeders.
“Eu me registrei mais por diversao. Eu queria algo mais desafiador do que meus jogos de fim de semana e fiquei muito satisfeito com o desempenho do meu time. Gostei muito do torneio“, disse Buckley.
Colin Trinczek, tambism do timeA campeao, se divertiu bastante: “A maioria dos times sabia que era um torneio amigavel e jogou com bastante camaradagem. Nosso time se divertiu bastante“.
Jacob Gagnon Ouellette, do Haiti, se registrou no torneio porque ele tem uma grande paixao pelo futebol e pela cultura do Brasil.
“Parecia uma otima oportunidade para eu conhecer brasileiros, me divertir e praticar meu portugues“, disse Ouellette.
Quando lhe foi perguntado o que ele mais gostou do torneio, Ouellette tinha a resposta na ponta da li­ngua.
“O evento tinha um otimo ambiente, sem pressao e muito divertido. Os jogadores e voluntarios eram todos amigaveis. Valeu muito a pena, pois eu conheci muitas pessoas, fiz novas amizades e joguei futebol.“
No final do dia, os jogadores foram para casa cansados, doloridos, com medalhas, premios, e claro, com um senso de comunidade muito maior.

About Lucas Socio

Check Also

Futebol no coracao

Famosa por seus esportes de inverno, a cidade de Vancouver foi a terra do futebol …